Alemanha, França e Itália assinam petição a favor de "pacto verde" pós coronavírus



Já são 13 os países da União Européia a defender que a recuperação econômica que vier a ser feita não repita erros do passado, mas sim com uma economia compatível com o meio ambiente.


Mas como podemos valorizar as questões da sustentabilidade ambiental na saída da crise provocada pelo Covid-19?

De acordo com as notícias da Bloomberg , uma nova aliança de ministros, diretores-presidentes e pesquisadores pediu que a União Europeia molde o pacote de recuperação após a crise do coronavírus em torno da estratégia Green Deal (Pacto Verde) de crescimento sustentável, que revisará desde o transporte até a produção de energia.


O grupo pressiona a mobilização de investimentos em projetos que colocariam a UE no caminho certo para atingir o objetivo de se tornar o primeiro continente neutro em carbono até meados do século. Os líderes do bloco, que no mês passado prometeram foco verde na estratégia de saída da crise do coronavírus, defendem que o atual momento deve ser superado sem repetir os erros do passado.


A recuperação futura oferecerá a chance de desenvolver um novo modelo de prosperidade, de acordo com a ministra do Meio Ambiente da Alemanha, Svenja Schulze, que está entre os signatários da iniciativa.


"Se relançarmos a economia na direção errada, vamos bater contra o muro da crise climática", disse Canfin, presidente da comissão ambiental do Parlamento da UE. "Precisamos unir todas as energias para uma recuperação verde."


Temos a oportunidade para mudar o nosso modo de vida e construirmos uma sociedade mais equilibrada e mais sustentável.

397 visualizações
LINKS
CONTATO
REDES SOCIAIS
  • Ícone do Facebook Preto
  • Preto Ícone Instagram