Orientações para economizar energia em casa durante isolamento pelo Coronavírus

Atualizado: Abr 7



Com a chegada do COVID-19, temos um novo cenário na rotina das famílias, onde uma parte da população está em casa, seja fazendo seu trabalho de maneira remota , seja estudando, como a grande parte das crianças e adolescentes que tiveram suas aulas suspensas.


Vamos passar algumas dicas básicas de economia de energia elétrica, para que você possa transformar um cômodo da sua casa em escritório e/ou ponto de estudo.


Se o ambiente escolhido para o trabalho ou estudo for escuro ou pouco ventilado, obrigatoriamente haverá mais lâmpadas acesas, além de ventiladores ou aparelhos de ar condicionado ligados. Por isso, escolha um ambiente bem arejado e com iluminação natural abundante.


Procure observar os aparelhos elétricos ligados, mas que não estão em uso. Quem nunca deixou a televisão e o computador ligados ao mesmo tempo? Elimine esse desperdício deixando ligados somente aparelhos que estão em uso. Notebooks e celulares precisam ser desligados da tomada após a carga completa.


Caso decida por fazer uma pausa, mesma que pequena, desligue o monitor do computador. Somente ele é responsável por 70% do consumo de energia do equipamento. Se for possível, configure o monitor para desligar automaticamente após um  tempo sem utilização, mas lembre-se que, mesmo no modo stand-by os eletrodomésticos consomem energia.


Estando mais tempo em casa, você também terá a oportunidade de verificar os hábitos da sua família. Confira abaixo outras dicas para economizar energia:


Iluminação:

  • aproveite ao máximo a luz natural e mantenha janelas e cortinas abertas durante o dia;

  • prefira as lâmpadas fluorescentes ou LED que são mais econômicas que as incandescentes, consumindo de 60% a 80% menos energia.


Climatização:

  • mantenha portas e janelas bem fechadas;

  • evite o calor do sol no ambiente, fechando cortinas e persianas;

  • mantenha os filtros limpos. Filtros sujos forçam o aparelho a trabalhar mais;

  • desligue o aparelho sempre que você se ausentar do ambiente por muito tempo, mas não desligue-o se a ausência for rápida, pois isso pode acabar aumentando o consumo de energia;

  • à noite, ative a função Sleep que regula a temperatura automaticamente e economiza energia;

  • evite deixar aparelhos eletrônicos ligados desnecessariamente no ambiente em que o condicionador de ar está, pois eles fazem com que o eletrodoméstico “trabalhe mais” para resfriar o cômodo.


Geladeira:

  • ajuste corretamente o termostato;

  • evite abrir a geladeira a todo momento, já que cada vez que a porta é aberta o ar gelado escapa e o aparelho precisará trabalhar mais para repor a refrigeração;

  • não coloque alimentos ou panelas quentes dentro da geladeira para evitar que o refrigerador gaste energia resfriando o recipiente;

  • mantenha a geladeira longe de fontes de calor, como fogão, máquina de lavar louça ou mesmo em contato direto com o sol;

  • verifique sempre a borracha de vedação da porta da geladeira para ter certeza de que o aparelho está completamente fechado. A pouca aderência pode fazer com que o ar gelado escape, gastando mais energia.


Chuveiro elétrico:

  • tome banhos rápidos;

  • uma instalação inadequada do chuveiro pode aumentar absurdamente o gasto de energia, ou seja, a instalação correta não serve apenas para prevenir acidentes, mas sim para favorecer o gasto ideal;

  • sempre que possível, tome banhos com o chuveiro na posição verão;

  • jamais reaproveite uma resistência queimada, porque além de aumentar o consumo de energia, esta situação pode colocar em risco a segurança de quem usa este equipamento.


TVs e outros equipamentos elétricos: 

  • não deixe aparelhos ligados sem que haja alguém usando. No caso da TV, programe sempre o timer na hora de dormir (desligamento automático).


Por que o consumo consciente de energia elétrica é importante?


Diminuir o uso de recursos finitos ou poluentes para geração de energia elétrica precisa ser constantemente uma prioridade. Dessa forma, a opção de fontes de energia limpa e renovável passa a ser de extremo valor.


O Brasil tem ótimo índice de irradiação solar e a produção de energia fotovoltaica é viável em praticamente todo o território.


A energia elétrica gerada pelo sistema solar será usada como energia normal, para alimentar aparelhos domésticos, eletrônicos, lâmpadas e tudo mais que necessite de energia para funcionar.


Com esse sistema você torna sua casa ou empresa autossuficiente e sustentável, com energia renovável. No Brasil, mais de 60% da energia tem origem em hidrelétricas e são dependentes do regime de chuvas e dos níveis dos reservatórios. Produzir sua própria energia significa estar menos vulnerável às condições climáticas e preços impostos pelo governo. Você economiza na conta de luz e ainda ajuda o país a preservar as reservas ecológicas e conseqüentemente a vida do planeta.


Quer saber mais? Fale com a Solara



411 visualizações
LINKS
CONTATO
REDES SOCIAIS
  • Ícone do Facebook Preto
  • Preto Ícone Instagram